MAIS VERDE PARA A CIDADE      
Guapiaçu está muito longe dos primeiros do ranking ambiental
O município de Guapiaçu é o 402º na lista do Programa Estadual Município Verde Azul, que analisa
dez frentes de gestão ambiental. Levantamento utiliza critérios que colabora para que a cidade
seja sustentável
     

Foto: Folha Regional
     
 
  Assine a Folha Regional
 
A empresária Railda Morelli, plantou duas árvores em frente a sua sorveteria. Para ela, falta um Projeto no município e muitos empresários não plantam árvores por pensarem que suja e estraga a fachada


     
*Da Redação      
       

Guapiaçu precisa avançar em ações voltadas para o meio ambiente. A cidade está na 402ª posição com apenas 11,55 pontos no ranking Estadual do Programa Município Verde Azul, que analisa diversas frentes da gestão ambiental dos municípios.
O líder do Programa é a cidade de Fernandópolis, com 89,47 pontos, e nossa cidade vizinha São José do Rio Preto está na 10ª posição com 75,51 pontos.

É NECESSÁRIO UM PROJETO PARA TRANSFORMAR GUAPIAÇU
O município de Guapiaçu possui até um viveiro mas é necessário a elaboração de um grande Projeto para investimentos que transformem a cidade mais sustentável e com isso beneficiaria a cidade, pois existem critérios de avaliação no Programa Estadual para a liberação de recurso do Fundo Estadual de Controle da Poluição (FECOP). A verba depende da classificação. O levantamento utiliza vários critérios como: educação ambiental, biodiversidade, guarda responsável de cães e gatos, uso racional da água, qualidade do ar, esgoto e arborização urbana. Esse último item é medido verificando a cobertura vegetal do perímetro urbano e Guapiaçu é muito pobre nesse quesito.

A DEGOLA DAS ÁRVORES Enquanto muitos municípios reforçam a necessidade de árvores, Guapiaçu vai na contra mão, a degola da copa que é ilegal é constante e a Folha Regional verificou que muitos que arrancaram suas árvores por problemas e que se comprometeram com o município a replantar, nos locais, a calçada foi completamente coberta por concreto!

AS POUCAS ÁRVORES NO CENTRO
No centro da cidade é possível contar as poucas árvores que existem no comércio. Apesar da falta de verde em locais mais antigos, os novos bairros e a represa municipal, através da iniciativa privada, já estão dando um show com a beleza de suas árvores. O calor na nossa região é muito forte e se todos os munícipes se unissem nesse Projeto de uma cidade mais verde, o ambiente seria muito mais agradável para todos.

EMPRESÁRIOS NÃO PLANTAM ÁRVORES POIS PENSAM QUE ESTRAGA A FACHADA
A empresária Railda Morelli, proprietária do Sorvetes Paulinho, fez uma mudança bem ecológica em sua Sorveteria. A reforma do prédio foi toda com materiais de demolição: ‘tijolos, forro e madeira’. Na calçada disse que gostaria de ter plantado três árvores, mas o indicado foram duas, pois são árvores de grande porte. Para ela, as folhas que caem não são sujeira como muitos pensam e as árvores diminuem muito a temperatura e o ambiente fica mais aconchegante e agradável.
Segundo Railda: “Muitos empresários não plantam árvores em frente às suas lojas pois tem o pensamento de que vai estragar a fachada, sou totalmente contra essa ideia e Guapiaçu precisa da criação de um Projeto de incentivo para que todos plantem uma árvore” disse Railda.
A empresária também reflorestou a sua propriedade que fica próximo a vicinal Guapiaçu-Cedral, plantou várias árvores ornamentais e frutíferas com objetivo de atrair pássaros e relatou que também pretende construir uma cabana toda com material de demolição seguindo o modelo ecológico de sua sorveteria.


FAÇA SUA ASSINATURA E FIQUE BEM INFORMADO SOBRE A SUA CIDADE!


PONTOS DE VENDAS - CLIQUE AQUI!